LUIZA DIONIZIO (Rio de Janeiro, 8 de dezembro de 1963)

            O samba nasceu no seu coração em dia de Nossa Senhora da Conceição, no subúrbio da Vila da Penha. Com tamanha proteção, passou a assistir e admirar nos anos idos de 1980, as famosas rodas de samba da Tia Doca em Oswaldo Cruz, e do Arlindo Cruz em Cascadura. Já em 1999, convidada pela cantora Dorina, participou do show Ginga, com o compositor e violonista João de Aquino, no Teatro Rival e posteriormente no Villa-Lobos, em Copacabana.

Em 2005, no badalado CD Renascença Clube: Samba do Trabalhador (selo Lua Music), interpretou o belo Conceição da Praia (de Luiz Carlos Máximo). Em duo com Ernesto Pires gravou para o CD O Rato Sai da Toca (Independente, 2007) o samba Voltei Para A Portela (Ratinho), premiado anteriormente em Festival de Sambas de Terreiro da escola. Finalmente, em 2009, foi lançado seu excepcional CD Devoção (Universal Music), emocionante do início ao fim, desfile de pérolas como: Pensando Bem (João de Aquino, Martinho da Vila), Tempos Depois (Wanderley Monteiro, Nelson Rufino), Alma (Ratinho), Vila do Meu Coração (Luiz Carlos Máximo, Luiz Carlos da Vila), Último Verso (Clóvis Beznos, Elton Medeiros), Braços de Lã (Luiz Carlos da Vila), Antes Assim (Wilson Moreira), Jardim das Oliveiras (Délcio Carvalho). Um dos melhores discos de samba dos últimos tempos, revela uma cantora iluminada, de voz refinada, afinadíssima e de extremo bom gosto na escolha de repertório. Emoção pura!

Com o Teatro Rival Petrobrás lotado, esteve presente no ano seguinte de memorável show Vem Que o Império Te Leva... (foto), que contou com a presença de Moacyr Luz, Jorginho do Império, Zé Renato, do Jongo da Serrinha, da Velha Guarda Show, entre outros. Em 2014, participou do DVD Samba Social Clube, ao vivo Vol. 6 - uma homenagem a Chico Buarque (Universal Music), quando interpretou Novo Amor (Chico Buarque), além de gravações de Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Neguinho da Beija-Flor, e tantos outros bambas. Incansável, Luiza Dionizio está sempre atuante em shows e eventos nos bairros cariocas de Madureira, Oswaldo Cruz, Jacarepaguá, Tijuca, em casas noturnas da Lapa e adjacências (Rio Scenarium, Pedra do Sal, Carioca da Gema, Fundição Progresso, Trapiche Gamboa, Espaço BNDES, Sesc Ginástico, Centro Cultural Carioca), em cidades fluminenses como Niterói, Maricá, Cabo Frio, e ainda em Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, Brasília.

No momento, encontra-se envolvida na conclusão de seu projeto de financiamento coletivo Luiza Dionizio Canta Arlindo Cruz. Estamos torcendo e participando!


© Copyright 2008 - Pelo Telefone: Uma viagem através da música popular brasileira.

Desenvolvimento e Design: Marcio Cunha